Livro: A vizinha antipática que sabia matemática – Eliana Martins

20200229_103750_

Quem nunca baixou um livro pela capa? Assim foi como cheguei até A vizinha antipática que sabia matemática. O livro é narrado em 1ª pessoa, então sabemos pelo próprio personagem principal o desenrolar de toda a história. Logo no início sabemos que Theo não gosta de matemática.

Até que um dia, ele vê uma mudança chegando para a casa ao lado da sua e avista uma senhora com cara de avó. De início ele a achou bem antipática, pois não perguntou nada sobre quem era ele, muito pelo contrário, deu uma assoada no nariz na cara dele. Por se chamar Theo, ela perguntou se era apelido de Theobaldo ou outro nome assim, mas não.

Nas primeiras conversas, a vizinha que chama-se Maria Lúcia, fez uma brincadeirinha com relação ao número de sua casa e explicou ser professora aposentada de matemática. Ela e Theo foram conversando sobre o pai da matemática e sobre um Manual do Sábio Matemático que continha um segrego.

Para Theo ter acesso a esse segredo, ele teria que passar por diversos testes/desafios sobre matemática. Cada semana, a vizinha deixava em sua casa um envelope com os desafios da semana e no final de um mês ele teria o resultado. No final, ele acabou vendo que a matemática não era tão ruim assim e tinha até gostado.

O livro é uma leitura bem rápida e recomendo a todos que tenham alguma dificuldade com a matemática.

ONDE ENCONTRAR: https://amzn.to/3cj2UKu

Autor: Eliana Martins
Editora: Melhoramentos
Ano: 2014
Páginas: 56

Meu Kindle 10ª geração

 

No meio do ano passado troquei meu aparelho antigo (8ª geração e sem luz) para um Kindle da 10ª geração que já vem com luz embutida. Nem preciso dizer que foi amor à primeira vista. Assim que o peguei em mãos já senti diferença em relação a iluminação. O modelo branquinho suja um pouco, mas com cuidado e colocando a capinha protege super bem.

O bom de ter um leitor digital é a facilidade de levá-lo na bolsa para qualquer lugar que você for. Eu mesma já li durante a espera de uma consulta e em fila de bancos. Sem contar que cabe uma infinidade de títulos e ocupa pouco espaço no aparelho. Você pode carregar aqueles calhamaços sem preocupação de peso. Não posso esquecer de falar que a leitura no Kindle é bem mais confotável aos olhos comparado a leitura no celular.

O modelo que tenho está saindo por R$349,00 mas fiquem de olho que vira e mexe tem promoção! Se você quer investir um pouco mais tem a versão Kindle Paperwhite, que também tem iluminação embutida e resistente à prova d’água. Vou deixar o link dos dois modelos para vocês conferirem:

 

12 livros para 2020

Sei que Janeiro já começou, mas só ontem consegui separar os livros que me proponho a ler durante este ano. Em termos de leitura meu ano de 2019 foi um fracasso, li muito pouco. Como tenho muita coisa bacana na estante e quero ler coisas que venho há tempos querendo, nada melhor do que unir o útil ao agradável.

Sempre leio o que estou a fim no momento, por isso, estou fazendo esta listagem mais como uma meta mesmo. Serão 12 livros, ou seja, uma leitura por mês.. Sem pressão. Já fizeram a listagem de leituras de vocês? Contem aqui nos comentários!

  1. A importância do ato de ler – Paulo Freire
  2. O diário de Anne Frank (será uma releitura)
  3. Agosto – Rubem Fonseca
  4. Fernão Capelo Gaivota – Richard Bach
  5. Alice através do espelho – Lewis Carrol
  6. Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática – Thalita Rebouças
  7. São Bernardo – Graciliano Ramos
  8. Dom Quixote – Miguel de Cervantes (adaptação)
  9. A mansão Hallow – Agatha Christie
  10. Farda, fardão, camisola de dormir – Jorge Amado
  11. Felicidade Clandestina – Clarice Lispector
  12. Crônicas Escolhidas – Machado de Assis

Livro: Minha vida fora de série 1 – Paula Pimenta

A história deste livro é narrada pela Priscila, uma menina de 13 anos de idade, que depois do divorcio de seus pais, Priscila muda-se para Belo Horizonte com a mãe. Como o livro é sempre em 1ª pessoa e narra a vida da Priscila, temos a noção exata do que aconteceu com ela, seus pensamentos e seu ponto de vista.

A adolescente chega a nova cidade triste por ter deixado para trás suas amigas, colégio, seus bichinhos de estimação, o pai e o irmão. O único motivo do irmão ter continuado em São Paulo foi devido a faculdade. Em BH, Priscila passa a ter contato com sua prima, que a apresenta outras amigas. Uma dessas meninas, a Natália, estuda no mesmo colégio que a Priscila estudará.

Elas passam o resto das férias indo ao clube e a Priscila conhece o Marcelo, que a princípio é um garoto lindo (apesar de mais velho) e encanta-se por ele. Ao conhecê-lo um pouco melhor, a menina nota que não é nada daquilo que ela imaginava e foge dele. Finalmente, as aulas na escola começam e Priscila está na mesma sala da Natália, que de começo a esnoba.

Neste momento, ela puxa papo com Rodrigo e Leo, que são da sua sala. Ao ver que ela está se aproximando deles, Natália a adverte dizendo que eles são os excluídos da escola e que ela não deveria misturar-se com eles. Dessa amizade, começa a surgir um interesse da parte da Priscila pelo Rodrigo, pois ela nota que ele é um garoto super fofo e sentimental.

Não posso deixar de mencionar que a Priscila é super viciada em séries de TV e Rodrigo se aproveita disso para aproximar-se dela. Como nada são flores, ela tem uma leve desconfiança que talvez Rodrigo e Marcelo são parentes devido a semelhança, mas logo descarta essa possibilidade quando Rodrigo fala que seu irmão mais velho se chama João. Na verdade, ele chama-se João Marcelo, mas ela só descobre isso quando está totalmente envolvida emocionalmente (leia-se, apaixonada).

Recomendo muito este livro, foi uma leitura que me fisgou desde o começo. Apesar de ser um livro grande, é super gostoso e rápido de ler. A autora sabe nos envolver com sua escrita que não conseguimos parar de ler.

ONDE COMPRAR: https://amzn.to/3ag8sE0

Autor: Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
Ano: 2014
Páginas: 405

Livro: É proibido chorar – J. M. Simmel

O pai de Maria foi para a Guerra e a mãe está muito doente internada em um hospital. Ela nunca mais soube nada do pai, mas sonha em revê-lo, por isso, ela entrega um envelope com muito dinheiro a um cara que promete trazer o pai volta.

O dinheiro que Maria entrega era para um passeio que a turma da escola iria fazer. Ela tinha sido encarregada de entregar o dinheiro da turma para o diretor, por isso, quando estava com o envelope em mãos, não pensou duas vezes e resolveu entregar a esse homem.

O diretor da escola dá um prazo de três dias para Maria contar o que aconteceu com o dinheiro. A princípio, ela tem muito medo de contar o que aconteceu e que algo de ruim aconteça a seus pais. Seus colegas de classe acreditam que a menina não roubou o dinheiro e resolvem dicar de seu lado e ajudá-la. Eles se reúnem no apartamento da menina, que conta toda a verdade e eles resolvem ir atrás do homem.

As crianças fazem uma grande operação para ir atrás do homem que enganou a Maria e reaver o dinheiro. Em um mundo em que as aparências enganam, essa história mostra que nem tudo é o que parece e que um time unido pode ser mais forte. Elas armam uma grande emboscada para o homem baseado em um livro que leram.

É uma história surpreendente! Já é o segundo livro do autor que leio e adoro. O outro livro que li foi Um ônibus do tamanho do mundo e já tem resenha aqui no blog.

ONDE COMPRAR: https://amzn.to/2PtNQQD

Autor: J. M. Simmel
Editora: Nova Fronteira
Ano: 1987
Páginas: 156

Livro: Anne Frank – a biografia ilustrada

Após ler o diário foi a vez de me encantar com a HQ da biografia de Anne Frank. É a primeira vez que leio uma HQ e já quero outras para minha coleção. O livro não conta a mesma história do famoso O Diário de Anne Frank, mas sim a biografia da família.

Durante a Segunda Guerra Mundial, com a perseguição dos judeus e outros acontecimentos, a família de Anne Frank resolve se esconder em um anexo do escritório do patriarca da família. Juntaram-se a eles, mais uma família e um amigo dentista. Ao todo eram oito pessoas morando em um espaço pequeno e tendo que falar baixo e sem movimentos bruscos durante o dia. Assim permaneceram por dois anos.

Nesta HQ maravilhosa, conhecemos um pouco sobre a vida do casal Frank antes da chegada dos filhos, o nascimento das meninas, a situação financeira da empresa dos Frank que estava indo mal, a mudança de país (resolveram sair de Frankfurt e morar em Amsterdã). Ao longo da história conhecemos trechos já conhecidos no diário.

A edição está impecável, os traços da imagem, as falas nos balões são excelentes. O livro traz mapas e um embasamento histórico sobre a Segunda Guerra Mundial excelentes. Já na capa diz que é uma colaboração com a Casa de Anne Frank. Um verdadeiro mergulho em nossa história. Vale muito a pena conhecer.

 ONDE COMPRAR: https://amzn.to/2QpNlKl

Autor: Sid Kacobson e Ernie Colón
Editora: Quadrinhos na Cia
Ano: 2017
Páginas: 160

Livro: Maria vai com as outras – Sylvia Orthof

Maria vai com as outras, é um livro infantil. Conta história de Maria, uma ovelha que não tinha opinião e nem pensamento formado sobre as coisas que ela queria e gostava. Ela sempre fazia o que o rebanho fazia, mesmo não gostando.

Com isso, Maria foi para o deserto e sentiu um calor danado, foi ao Polo-Sul e congelou de frio. Ela só pensou sobre si mesma quando as outras ovelhas foram comer salada de jiló, pois mesmo não gostando, acabou comendo.

Até que um dia, todas as ovelhas resolveram aprontar e acabaram se machucando. Maria muito esperta, pela primeira vez não foi com as outras. Pensou em si e foi ser feliz.

  • Na parte traseira do livro traz uma informação que a partir dos 6 anos a criança já consegue ler sozinha o livro. Excelente presente para o dia das crianças.

ONDE COMPRAR: https://amzn.to/2M9WWPP

Livro: Fala sério, pai! – Thalita Rebouças

Assim como em toda a série Fala sério, da Thalita Rebouças, conhecemos a vida da protagonista Maria de Lourdes, ou Malu (como gosta de ser chamada) em diversas fases de sua vida. O livro é narrado em 1ª pessoa na visão do pai e depois na da menina.

Além de ser um livro leve, essa alternância de narração (entre o pai e a filha) faz com que a leitura seja fluida. Nos primeiros capítulos Armando conta sobre a primeira troca de fralda, primeiro banho, primeiros passeios somente com ele.

Já na metade do livro em diante sabemos das histórias com o pai já na visão de Malu. Situações como quando ele descobre que a filha já beija ou quando ela quer ir à uma boate ainda menor de idade são hilárias.

O livro me fez arrancar várias risadas e reviver a fase da minha adolescência. Recomendo a todos!

ONDE COMPRAR: https://amzn.to/30ifxmE

Autor: Thalita Rebouças
Editora:  Rocco
Ano: 2013
Páginas: 256

Instagram da autora: https://www.instagram.com/thalitareboucas/

Livro: A droga da amizade – Pedro Bandeira

Este livro é o último da série Os Karas do Pedro Bandeira, que ficou muito conhecida na década de 80. O livro começa com Miguel, um dos integrantes do Os Karas relembrando como era a fase escolar, como criaram o grupo secreto e convidaram alguns amigos. Essas lembranças começam ao olhar uma foto do grupo reunido.

A cada capítulo, conhecemos um personagem e uma história marcante dele junto ao Colégio Elite, onde eles estudavam. Além de sabermos o que aconteceu com ele ao decorrer dos anos (que profissão seguiu, como está na vida, se casou ou não etc). Além de ser um grupo para solucionar alguns mistérios, eles possuíam um código secreto para se comunicarem.

O livro faz diversas referências a outros da série, por isso, aconselho a lerem na ordem (que não foi o meu caso). Para quem leu os outros fica muito mais fácil entender algumas passagens e contextos.

ONDE COMPRAR: https://amzn.to/30rSQfq

Autor: Pedro Bandeira

Livro: As netas da Ema – Eugenia Zerbini

ASNETASDAEMA

Um assalto é o ponto de partida da narrativa dessa história. A protagonista acaba reagindo ao assalto e sofre um corte na cabeça, o que a leva para o hospital. A partir daí surge um desejo enorme de vida: escrever um livro.

No decorrer da história sabemos que a protagonista é filha de ativistas que desapareceram quando ela ainda era criança na época da ditadura militar. A menina acaba sendo criada pela avó, que passa a ser uma referência para ela.

A narrativa sobre a história de seus pais e sobre o assalto vão e voltam no tempo durante o encontro dela com suas amigas. Esse encontro já acontece na fase adulta, quando ela tem por volta dos 50 anos. Elas se questionam da vida que levaram, do papel da mulher e tem como pano de fundo a história de Madame Bovary, do Gustave Flaubert.

Isso porque no fim das contas, a protagonista relaciona esta nova gerações de mulheres como se fosse netas de Ema Bovary. Para isso, o leitor precisa entender que Ema era uma mulher sonhadora, que acha que a vida tem que ser como os romances. Apesar de ter de tudo, Ema era uma mulher infeliz e que buscava uma aventura amorosa.

OBS.: Esta obra foi ganhadora do prêmio SESC de Literatura em 2004.
A leitura do livro é mais fácil de ser compreendida para quem já leu Madame Bovary.

ONDE COMPRAR: https://amzn.to/2SqpZAV

Autor: Eugenia Zerbini
Editora: Record
Ano: 2005
Páginas: 173